APOSTILA LINGUAGEM RUBY PDF

Tutoria sobre ruby uma. You can obtain the official Apache distribution files from thedownload page. The easiest way to install Ruby is using theone-click installer. I will not be reluctant to propose your web site to any person who would need recommendations about this situation. Incidentally,buildis the default task, so if you run Buildr with no arguments, it will print both messages while executing the build. Thanks for your time very much for the impressive and effective help.

Author:Teshura Tygogal
Country:Saudi Arabia
Language:English (Spanish)
Genre:Art
Published (Last):22 April 2013
Pages:386
PDF File Size:6.9 Mb
ePub File Size:1.66 Mb
ISBN:818-9-14934-366-1
Downloads:53504
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Mausida



Mostra recursos importantes como o envio de e-mails, explica o MVC e ainda passa por diversos itens teis do dia-dia, com deploy no Cloud. Aqui, ele mostra atravs de um projeto, os principais conceitos e passos no desenvolvimento de uma aplicao completa. Existe uma verso em andamento para Rails 3. Cobre toda a especificao da linguagem e procura desvendar toda a magia do Ruby. The Pragmatic Programmer: From Journeyman to Master - Andrew Hunt, David Thomas As melhores prticas para ser um bom desenvolvedor: desde o uso de versionamento, ao bom uso do logging, debug, nomenclaturas, como consertar bugs, etc.

O frum do GUJ. Alm de fazer nossos cursos de Rails, voc deve participar ativamente da comunidade. Ela muito viva e ativa, e as novidades aparecem rapidamente. Se voc ainda no tinha hbito de participar de fruns, listas e blogs, essa uma grande oportunidade. H ainda a possibilidade de participar de projetos opensource, e de voc criar gems e plugins pro Rails que sejam teis a toda comunidade.

Yukihiro Matsumoto, Criador da linguagem Ruby Nos primeiros captulos conheceremos a poderosa linguagem de programao Ruby, base para completo en- tendimento do framework Ruby on Rails. Uma linguagem dinmica e poderosa como o Ruby vai se mostrar til no apenas para o uso no Rails, como tambm para outras tarefas e scripts do dia a dia.

Veremos a histria, o contexto, suas verses e interpretadores e uma iniciao a sintaxe da linguagem. Cu- riosamente uma das nicas linguagens nascidas fora do eixo EUA - Europa que atingiram enorme sucesso comercial. Uma de suas principais caractersticas a expressividade que possui. Teve-se como objetivo desde o incio que fosse uma linguagem muito simples de ler e ser entendida, para facilitar o desenvolvimento e manuteno de sistemas escritos com ela.

Ruby uma linguagem interpretada e, como tal, necessita da instalao de um interpretador em sua mquina antes de executar algum programa. Hoje a verso mais difundida a 1. A maioria das distribuies Linux possuem o pacote de uma das ltima verses estveis pronto para ser instalado. O exemplo mais comum o de instalao para o Ubuntu: sudo apt-get install ruby1. As gems podem ser vistas como bibliotecas reutilizveis de cdigo Ruby, que podem at conter algum cdigo nativo em C, Java,.

So anlogos aos jars no ambiente Java, ou os assemblies do mundo. Para sermos capazes de instalar e utilizar as centenas de gems disponveis, precisamos instalar alm do inter- pretador Ruby, o RubyGems. Como exemplo simples, temos o comando para instalao no Ubuntu: sudo apt-get install rubygems1. A maioria dessas funciona- lidades j foi implementada em alguma gem, e para usufruir desses recursos basta colocar a gem em nossa aplicao. Nossos projetos podem precisar de uma ou mais gems para funcionar corretamente.

Se quisssemos compar- tilhar nosso projeto com a comunidade, como faramos para fixar as gems necessrias para o funcionamento do projeto? Escreveramos um arquivo de texto especificando quais gems o outro desenvolvedor deve insta- lar? Esse seria um processo manual?

H diversas formas de fazermos um bom controle de verso de cdigo, mas como poderamos, no mundo Ruby, controlar as dependncias de gems necessrias ao nosso projeto? Uma forma eficaz de controlar as dependncias de nosso projeto Ruby utilizar uma gem chamada Bundler.

Instalar o bundler bem simples. Basta rodar o comando: gem install bundler Com o Bundler, declaramos as dependncias necessrias em um arquivo chamado Gemfile. Esse aquivo dever conter, primeiramente, a fonte de onde onde o Bundler deve obter as gems e em seguida a declarao das dependncias que usaremos no projeto.

Podemos ento rodar o comando bundle atalho para o comando bundle install para obter as gems ne- cessrias para o nosso projeto. Note que ao estruturar a declarao das gems dessa forma no declaramos verses especficas para as gems, portanto a verso mais recente de cada uma dela ser baixada para nosso repositrio de gems local. Poderamos fazer o seguinte: gem "rails", "3. Ao rodar o comando bundle ser gerado um novo arquivo chamado Gemfile. O Gemfile.

A maioria delas segue uma tendncia natural de serem baseados em uma Mquina Virtual ao invs de serem interpretadores simples. Algumas implementaes possuem at compiladores completos, que transformam o cdigo Ruby em alguma linguagem intermediria a ser interpretada por uma mquina virtual. A principal vantagem das mquinas virtuais facilitar o suporte em diferentes plataformas.

Alm disso, ter cdigo intermedirio permite otimizao do cdigo em tempo de execuo, feito atravs da JIT. JRuby JRuby foi a primeira implementao alternativa completa da verso 1. Com o tempo ganhou compatibilidade com as verses 1. Uma de suas principais vantagens a interoperabilidade com cdigo Java existente, alm de aproveitar todas as vantagens de uma das plataformas de execuo de cdigo mais maduras Garbage Collector, Threads nativas, entre outras.

Muitas empresas apoiam o projeto, alm da prpria Oracle aps ter adquirido a Sun Microsystems , ou- tras empresas de expresso como IBM, Borland e ThoughtWorks mantm alguns projetos na plataforma e algumas delas tm funcionrios dedicados ao projeto. Net tambm no ignora o sucesso da linguagem e patrocina o projeto IronRuby, mantido pela prpria Microsoft. IronRuby foi um dos primeiros projetos verdadeiramente de cdigo aberto dentro da Captulo 2 - A linguagem Ruby - Outras implementaes de interpretadores Ruby - Pgina 7 Material do Treinamento Desenvolvimento gil para Web 2.

RubySpec tem origem na sute de testes de unidade do projeto Rubinius, escritos com uma verso mnima do RSpec, conhecida como MSpec. O RSpec uma ferramenta para descrio de especificaes no estilo pregado pelo Behavior Driven Development. Avi Bryant durante seu keynote na RailsConf de lanou um desafio comunidade: "Im from the future, I know how this story ends.

All the people who are saying you cant implement Ruby on a fast virtual machine are wrong. That machine already exists today, its called Gemstone, and it could certainly be adapted to Ruby. It runs Smalltalk, and Ruby essentially is Smalltalk. So adapting it to run Ruby is absolutely within the realm of the possible.

Ruby e Smalltalk so parecidos, ento Avi basicamente pergunta: por que no criar mquinas virtuais para Ruby aproveitando toda a tecnologia de mquinas virtuais para SmallTalk, que j tm bastante maturidade e esto no mercado a tantos anos? Na RailsConf de , o resultado foi que a Gemstone apresentou o produto que esto desenvolvendo, co- nhecido como Maglev. As linguagens so to parecidas que apenas poucas instrues novas tiveram de ser inseridas na nova mquina virtual. Os nmeros apresentados so surpreendentes.

Com to pouco tempo de desenvolvimento, conseguiram.

EL ANILLO DE JORGE MOLIST PDF

Apostila Introdução a Ruby on Rails.

.

HOMO ZAPPIENS PDF

A linguagem Ruby

.

EZW CODING PDF

caelum-ruby-on-rails-completo.pdf

.

Related Articles